Hiking in Boulder, Colorado – USA

O texto abaixo foi escrito por Fábio Cabral, estudante da Universidade Federal de Alagoas, que teve a oportunidade de participar do Ciência sem Fronteiras na cidade de Boulder, Colorado nos EUA.


 

Quando descobri que ia pra Boulder, confesso que me assustei. Eu nunca tinha ouvido falar da cidade e não sabia praticamente nada sobre seu estado, o Colorado. A medida que eu pesquisava sobre minha futura casa, o que era medo foi virando ansiedade e a vontade de conhecer a cidade com a maior qualidade de vida dos EUA foi ficando maior.

Assim que pisei em terras “boulderianas”, sabia que aquele seria o melhor ano da minha vida. Me lembro de ter olhado para as montanhas, os famosos flatirons, pela primeira vez e pensado “não vejo a hora de subir no topo desses paredões”.

Os flatirons ficam localizados no parque nacional da cidade, o Chautauqua, um parque cercado por natureza. Não é preciso muito esforço para ter uma boa vista da cidade, basta andar um pouco pelo parque que já é possível desfrutar de uma vista privilegiada.

Assim que se entra no Chautauqua, é possível encontrar um mapa com dezenas de trilhas de todos os níveis, desde trilhas mais fáceis, para iniciantes, até trilhas mais avançadas e que exigem equipamentos de escalada. As trilhas são sempre muito bem sinalizadas, com placas e avisos para que ninguém venha a se perder. Duram no mínimo 50 minutos, podendo chegar a até 2 horas. Em trilhas mais longas, descansar e recuperar o fôlego admirando a natureza em volta e respirando ar puro é sempre bem vindo. Enquanto você se recupera, não se espante se algum velhinho aparentando ter seus 70 anos passar por você como se aquilo fosse a coisa mais fácil do mundo. Boulder é conhecida pela sua qualidade e estilo de vida, sendo uma das cidades mais saudáveis dos Estados Unidos.

A medida que o topo da montanha se aproxima, o campo de visão vai ficando cada vez mais abrangente e no final, depois de todo o esforço, vem a recompensa: uma vista espetacular da cidade juntamente com uma paz e um silêncio que só se encontra estando a mais de 2 km acima do nível do mar. Sentar em uma pedra e observar a imensidão, tranquilidade e beleza daquele lugar era, para mim, uma das coisas mais prazerosas durante o intercâmbio.

Boulder me transformou em um aventureiro e amante da natureza. Fazer trilhas virou um remédio para qualquer problema que eu tivesse. Durante aquele ano, as montanhas foram meu quintal. Hoje, as mesmas montanhas viraram, para mim, sinônimo de casa e saudade.

 

Parque Nacional Chautauqua - Boulder - Colorado - USA

Parque Nacional Chautauqua – Boulder – Colorado – USA

Parque Nacional Chautauqua - Boulder - Colorado - USA

Parque Nacional Chautauqua – Boulder – Colorado – USA

Mapa das Trilhas - Parque Nacional Chautauqua - Boulder - Colorado - USA

Mapa das Trilhas – Parque Nacional Chautauqua – Boulder – Colorado – USA

Vista da cidade poucos depois da entrada do parque

Vistas da cidade no topo dos flatirons - Boulder - CO

Vistas da cidade no topo dos flatirons – Boulder – CO

Vistas da cidade no topo dos flatirons - Boulder - CO

Vistas da cidade no topo dos flatirons – Boulder – CO

Sobre: Peirol Gomes

Aluno do último ano do curso de Engenharia de Gestão da UFABC. Fui estudante do Ciência sem Fronteiras na University of Alabama in Huntsville e também na Stanford University. Ao voltar do programa decidi criar uma forma de auxiliar os estudantes dele e criei o My CSF. Hoje, vejo o Ciência sem Fronteiras como uma das principais formas de transformação da sociedade brasileira. Apaixonado por empreendedorismo e por educação, sonho em melhorar o ensino universitário brasileiro a ponto de ver ele bem situado nos rankings internacionais.

Comentários

Deixe aqui seu comentário