Coloque primeiro a sua máscara de oxigênio….

PS: O texto não é relacionado ao My CsF. Mas como prometi postar hoje e o blog ainda não ficou pronto, to postando aqui mesmo. 😀


Hoje decidi colocar em prática uma coisa que postergo a meses, pra não falar anos, que é escrever para um blog. Sou muito perfeccionista. Sempre dei a desculpa que precisava do blog perfeito, com o design perfeito e com as cores perfeitas.

Com o tempo descobri que a forma mais fácil de procrastinar é ser perfeccionista, que assim, por nunca ter o site e o texto da maneira que eu quero, eu nunca lançaria esse blog e portanto, nunca enfrentaria as pessoas que podem tanto falar que a ideia é sensacional, ou dizer que a ideia é horrível e nunca dará certo(nesse caso, que ela não seria interessante). Pensando bem, essa ideia de perfeccionismo e procrastinação pode ser um próximo texto. (E com certeza será 😀 )

E pra começar, hoje vou falar sobre como é importante você primeiro colocar a sua máscara de oxigênio…

Todo mundo que já andou de avião alguma vez, já ouviu a seguinte frase.

“Em caso de despressurização, máscaras cairão automaticamente. Puxe uma delas, coloque-a sobre o nariz e a boca ajustando o elástico em volta da cabeça, e só depois disso, se necessário, ajude os outros.”

Eu nunca tinha parado para pensar sobre isso, até que durante uma viagem comecei a pensar um pouco e cheguei a conclusão que isso faz todo sentido. Não só no no caso da cabine despressurizar quando você está em um avião, mas principalmente em todas as coisas que você fizer na sua vida. Afinal, se você não estiver respirando direito, como você conseguirá ajudar outras pessoas a fazer isso? Levando essa ideia para além da experiência do avião, como que você vai conseguir ter um novo estilo de vida, ter mais estabilidade financeira, ter aquilo que você tanto deseja? Seja isso um novo emprego, aquela promoção, ou correr aqueles 5k…

Não entendeu? Vou explicar melhor…

Se você quer ajudar a pessoa que você ama a ser uma pessoa melhor, você primeiro tem que ser um pessoa melhor!

Se você quer fazer a empresa que você trabalha ser a melhor empresa do mundo, primeiro você precisa ser um funcionário melhor, para que assim, você consiga ser mais eficiente com você mesmo, e depois, você possa pensar como ajudar as outras pessoas e dessa forma, fazer dessa empresa um lugar melhor.

Se você é/quer ser um empreendedor, que impactará milhões de pessoas, você tem que cuidar primeiro de você. Da sua saúde física, da sua saúde mental, do seu estilo de vida, pois só assim terá à disposição e a energia necessária para compartilhar o seu sonho e trabalhar para que a sua ideia aconteça.

Peraí. Então é impossível ajudar os outros, se eu não cuidar de mim primeiro?

Não, é possível sim. E na maioria das vezes é isso que acontece. Você sacrifica o seu dia, suas horas de trabalho, sem considerar que primeiro você deve investir em você. Vou dar o meu exemplo. Nos últimos três anos me dediquei a um projeto, o My CsF, onde quero impactar a vida de milhares de universitários e recém-formados em todo Brasil. Mas deixei de lado a parte de cuidar de mim. Eu dormia pouco, não fazia exercício físico, não comia direito, achava que todo tempo que eu tinha deveria ser investido trabalhando pra esse projeto. Isso me fez ganhar alguns olheiras, perder o contato de pessoas que eu considero, ganhar alguns quilos (pra ser mais específico, 30kg) e várias outras coisas.

E o resultado de disso? Não vou negar, foi bom sim! Sacrifiquei muitas coisas, porém alcancei outras que eu sempre sonhei.

Mas chegou o ponto que pensei. O quão eficiente? O quão saudável é isso que estou fazendo?

E a resposta foi simples…. Se eu continuar fazendo as coisas dessa maneira, em breve, posso não conseguir ajudar as outras pessoas a serem melhores. Afinal, não estou ajudando nem a mim mesmo…

Foi aí que tomei uma decisão. Decidi que precisava mudar minha vida. Se vou mesmo realizar o impacto que tanto desejo, preciso estar 100% comigo mesmo. Só assim conseguirei ajudar mais pessoas. E essa é uma história legal, e será o próximo post daqui “Como transformei a minha vida em 100 dias”. O título é bem extremista né? Confesso que é pra deixar a história mais interessante, mas posso te garantir que ela vale a sua atenção.

Mas voltando a máscara de oxigênio….

Tudo isso parece muito legal, Peirol. Mas você aparece aqui, fala que não faço as coisas direito e desaparece?

Não, longe de mim fazer isso. Toda vez que fizer um post nesse sentido, vou te dar algumas dicas práticas de uma pequena coisa que você pode fazer na sua vida para melhorar nesse quesito.

Aqui estão algumas sugestões sobre como colocar a sua máscara de oxigênio primeiro:

– ler pelo menos 10 páginas de um livro por dia;
– fazer um exercício físico diariamente;
– meditar;
– ter uma “rotina matinal”;
– praticar gratidão uma vez por dia;
– escutar um podcast;
– e por ai vai….

E aí, o que você achou? Qual dos meios para colocar primeiro sua máscara de oxigênio que você mais gostou?

Você já fazia alguma coisa por você? Se sim, compartilhe aqui nos comentários.

E pra finalizar, o que você achou desse texto? O conteúdo foi útil? Te ajudou?

Pode ser sincero no feedback… Ter a sua opinião é a única forma de eu melhorar os textos por aqui. Então aproveite que chegou aqui, desça mais um pouquinho na página e deixe o seu comentário. 😀

Comente sobre o que achou, comente o que você vem fazendo pra colocar a sua máscara de oxigênio primeiro, ou até mesmo o que você vai fazer. Comentar aqui é uma forma bem leve de você assumir um compromisso público que vai fazer algo 😀

E se quiser saber, como eu transformei a minha vida em 100 dias, é só entrar nesse mesmo canal, na próxima segunda.

Um grande abraço,

Peirol

Sobre: Peirol Gomes

Aluno do último ano do curso de Engenharia de Gestão da UFABC. Fui estudante do Ciência sem Fronteiras na University of Alabama in Huntsville e também na Stanford University. Ao voltar do programa decidi criar uma forma de auxiliar os estudantes dele e criei o My CSF. Hoje, vejo o Ciência sem Fronteiras como uma das principais formas de transformação da sociedade brasileira. Apaixonado por empreendedorismo e por educação, sonho em melhorar o ensino universitário brasileiro a ponto de ver ele bem situado nos rankings internacionais.

Comentários

Deixe aqui seu comentário